Artigos


Reconstruindo seu Templo.

Por Débora Souza | 25 de Novembro de 2016
 Reconstruindo seu Templo.

No livro de Neemias é clara a linguagem “reconstrução”, pois logo em seu primeiro capítulo e também nos demais você se depara com muitos homens trabalhando ali e se empenhando para que tudo volte ao seu devido lugar. E observando toda essa cena e indo por este mesmo caminho podemos interpretar essa reconstrução como uma verdadeira REESTRUTURAÇÃO da nossa alma. Quando Neemias percebe que precisa voltar para sua terra de origem e se entristece por isso, é por um motivo muito forte, ele naquele momento precisa voltar ao seu ponto de origem e reergue-lo.

 

Assim funciona nossa mente quando percebe que precisamos voltar a determinado ponto em nossa vida para se reorganizar, iniciando assim uma busca de bens materiais e pessoas para trabalhar nesta reconstrução.

 

Ali naquele momento o que mais se destaca é a pro-atividade de todas aquelas pessoas para reerguer os muros daquela cidade.

Qual a diferença dessa historia para o que acontece aos montes por ai a fora? Nenhuma!

 

Quando percebemos uma situação dessas acontecendo em nossa vida, logo identificamos nosso “Neemias” interno, apontando para um recomeço que às vezes pode ser muito difícil, mas para a estabilização da nossa alma se faz necessário.

 

Em determinados momentos da nossa vida a alma requer um cuidado extremo ao que se diz respeito a amor, aceitação, confiança e convicção de que somos amados e bem quistos em certos lugares, e a rejeição vem e trabalha no total sentido oposto a isso, ela traz consigo a incerteza de todas essas coisas, que querendo ou não se passam dentro da nossa mente.

 

O que fazer quando nossos muros já desmoronaram? RECONSTRUIR!

Mas precisamos nos atentar que além de toda pro-atividade que devemos ter para ajudar a nós mesmos nesse momento, necessitamos nos manter vigilantes em tudo o que acontece ao redor. As vezes você pode pensar “mas que viagem de texto” mas eu te digo, não é!

Para a recuperação da nossa alma e dos nossos sentimentos, vamos ter que fechar os ouvidos e os olhos para várias coisas, mas também vamos ter que nos alertar 10 vezes mais pra outras, faz sentido?

Houve indignação da parte do inimigo para reerguer os muros de Jerusalém e haverá indignação na reconstrução da sua alma também!

 

Pode soar estranho, mas a alegria de Satanás é nos ver oprimidos, calados, envergonhados, depressivos porque assim estamos completamente debilitados emocionalmente, mantendo aberto uma brecha enorme para ele trabalhar em nossa destruição. Por isso vigilância é algo necessário, é preciso manter o foco e trabalhar sim, mas com o seu “alerta” ligado, sempre vigilante para não ser atacado.

 

Exatamente como aqueles homens na reconstrução dos muros de Jerusalém faziam, eles não vacilavam em nenhum minuto sem as suas armas.

E quais são as nossas armas?

Se você passa hoje por isso, se esta se reestruturando em Deus, suas armas são essas:

Palavra de Deus: Que serve de alimento, de consolo, de direção, de ânimo entre outras qualidades infinitas, a Bíblia é a sua espada na batalha;

Oração: Que é seu maior privilégio, falar com Deus, pedir a ele o que você necessita, assim como pelejaram aqueles homens e Deus os protegeu e frustrou os planos dos seus inimigos;

Jejum: Nenhum passo de Neemias foi dado sem jejum e oração, ele não decidiu tudo correndo e sozinho, ele esperou uma direção de Deus. O jejum para esses momentos serve para que você se fortaleça em espirito, para que você consiga ouvir com maior clareza a voz de Deus.

 

As vezes nessa pressa de estarmos bem logo, passamos por algumas fases pulando algumas etapas e isso é muito prejudicial para nossa alma, porque isso gera assuntos mau resolvidos, retardando cada vez mais a cura. Esteja confiante, seja liberto da pressa e da ansiedade, e isso você vai alcançar estando cada dia mais na presença de Deus, buscando intimidade com ele, para a partir daí ter confiança, certeza para se aquietar o coração conseguindo passar por essa fase de reestruturação por completo.

 

Ser paciente nos dias de hoje é uma dádiva, porque estamos sendo cada vez mais educados a fazer tudo instantaneamente. Mas em Deus isso não funciona assim.

 

Esteja vigilante, com sua espada na mão, faça como aqueles soldados, durma com a sua espada, leve ela para onde for e nunca se esqueça das palavras de Deus pra você. Quando necessário escreva um diário e anote tudo aquilo que Deus já disse pra você e caso precise de ajuda, sempre procure alguém que esteja em um nível espiritual maior que o seu, e tudo será um pouco mais fácil.

 

Se reestruturar exige coragem, posicionamento e muita força, e Jesus nos prometeu que sempre estaria do nosso lado então, apenas se posicione com ele, seja firme e fiel e Ele será com você, reconstrua o seu templo.

 

 

                                                                                    Débora Souza.


Deixe seu comentário


Comentários